Number of Posts

Geddel vai criar Secretaria de Defesa do Cidadão

Em entrevista concedida nesta terça-feira (27) à Rádio Band News FM, o candidato ao governo do estado pela Coligação A Bahia Tem Pressa, Geddel Vieira Lima (PMDB), anunciou que a sua proposta de governo prevê a completa reformulação da atual Secretaria de Segurança Pública, que passará a ser denominada de Secretaria de Defesa do Cidadão. Segundo ele, a mudança não será apenas de nomenclatura, mas de um novo conceito sobre segurança.

Para o candidato, hoje, não só o cidadão, mas até mesmo os policiais se encontram desprotegidos pelo Estado. Por isso, uma das medidas também anunciada, do seu programa de governo é assegurar assistência jurídica aos policiais civis e militares, nos casos em que se fizer necessário.

Geddel respondeu perguntas sobre o seu programa de governo, formuladas pelos jornalistas Silvana Oliveira e Ricardo Galvão e também por ouvintes. A maioria relacionada justamente com a questão da segurança pública. Ele deixou evidente que o clima de insegurança no qual hoje vivem os baianos, diante do aumento da criminalidade e da violência, se deve à incapacidade de gestão do atual governo.

“Não se pode, por exemplo, deixar centenas de motos sem uso, por falta de motociclista e emplacamento”, afirmou, referindo-se ao fato de 326 motocicletas, compradas recentemente pelo governo para o patrulhamento ostensivo, encontrarem-se paradas no pátio do Esquadrão Águia.

Uma das propostas já apresentadas pelo candidato e que vem sendo recebida positivamente pelos baianos é a implantação do sistema de barreiras eletrônicas, nas divisas do Estado, para impedir a entrada e livre circulação dos bandidos. São postos com a presença da polícia, agentes fazendários e de trânsito, inteiramente informatizados, com acesso imediato a informações que vão permitir identificar com agilidade e precisão, veículos irregulares, suspeitos e criminosos.

Ele também voltou a criticar o fato do atual governo estar utilizando estudantes da PM em ações policiais de rua: “Não estou aqui para falar mal do governador, como pessoa, mas não posso deixar de fazer críticas ao que considero errado na sua gestão. Por exemplo, a decisão de mandar estudantes da PM para as ruas não faz o menor sentido. A Bahia se encontra hoje com níveis de violência superiores a São Paulo e Rio de Janeiro”.

As propostas na área de segurança prevêem ainda, segundo o candidato, a ocupação de áreas que a polícia considera mais violentas e a implantação de uma polícia pacificadora e comunitária em outras áreas.

Um dos ouvintes da rádio perguntou sobre a gestão dos portos baianos. Geddel fez questão de lembrar que seu pai, Afrísio Vieira Lima, dirigiu a Codeba por cerca de quatro anos: “A última grande intervenção nos portos foi feita nessa época. Foi quando surgiu o TECOM (Terminal de Contêineres). Se não existisse, a falência do porto de Salvador seria absolutamente completa”, apontou.

O peemedebista lembrou ainda que, após a saída de Afrísio Vieira Lima, nenhuma grande intervenção foi feita e que os portos hoje representam um grande gargalo. “Temos uma proposta clara de estadualização dos portos, além da ampliação do Terminal de Contêineres viabilizando soluções rápidas para resolver o gargalo, que existe pela falta de iniciativa da gestão atual”.

Fonte: http://bahiapress.com.br/wordpress/?p=28047#more-28047
Geddel vai criar Secretaria de Defesa do Cidadão Geddel vai criar Secretaria de Defesa do Cidadão Reviewed by Washington Oliveira on julho 27, 2010 Rating: 5

Um comentário

Alexandre Mouro disse...

Tenho acompanhado pelos noticiarios, e Geddel é o candidato mais coerente em minha opinião. Ate porque ele esta mudando a prática das eleições anteriores. Onde o candidato fazia poucas ou nenhuma caminhada. Pelo que estou vendo Geddel ta indo ate o povo e conhecendo de perto os seus problemas.

TV LIBERDADE - AO VIVO

Business

Ao Vivo