TV LIBERDADE

Com o tema ‘Literatura e sertão’, Festival Literário de Feira de Santana chega à 16ª edição

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Promover um encontro entre a sociedade e o mundo da literatura. Essa é a essência do Festival Literário e Cultural de Feira de Santana (Flifs), que traz como tema da 16ª edição “Literatura e sertão: o bicentenário da Independência da Bahia no Brasil”. O evento, realizado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), ocorre desta sexta (29) até domingo (1).

Em visita à cidade, o governador Jerônimo Rodrigues percorreu os estandes montados na Praça Padre Ovídio, e conferiu de perto a programação. Relembrando a época em que atuou como professor, destacou a importância desses festivais como propagadores da cultura, incentivando a ampliação do conhecimento. “Temos um desafio muito grande, que é garantir a aprendizagem e a cidadania através da escola, da educação. Mas, nem sempre a escola comporta a capacidade de leitura das pessoas. É preciso oferecer outras possibilidades, como esses festivais”, ressaltou o governador.

Com dois homenageados este ano – o cordelista Chico Pedrosa e o artista visual Juraci Dórea –, o evento conta com a presença de escritores, contadores de histórias, cordelistas, músicos, nomes da Bahia e do Brasil. Além da venda de livros, no local ocorrem diversas atividades, como exposições, palestras, oficinas e minicursos. O público ainda pode conferir a Flifinha – voltada para as crianças, contação de histórias, apresentações musicais, teatrais e circenses, e ainda conversar com autores.

Para o secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro, atividades como essas contribuem para a divulgação de artistas nacionais e o incentivo literário. “Eventos literários proporcionam um encontro entre o povo e a cultura no lugar que é da cultura por excelência: a praça pública. Traz novos públicos para o mundo da cultura, da arte e, principalmente, do livro, da leitura e da literatura”, afirmou Monteiro.

Como forma de incentivar o hábito da leitura e contribuir com a formação de novos leitores, os estudantes da rede estadual de ensino estão participando da Flifs. Os estudantes e professores receberam vales que podem ser trocados por livros nos diversos estandes. “A Feira do Livro é uma experiência muito legal para quem gosta de ler de comprar livros, por que tem um mundo de opções. E o vale-livro ajuda demais, não só alunos como professores”, disse a estudante Júlia Cedraz.

A entrada é gratuita. Outras informações e a programação completa podem ser consultadas no site https://flifsoficial.uefs.br/

Repórter: Anderson Oliveira

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

TV LIBERDADE