*Campanha: REGULAR DE ENTREGAS 2023

Mariene de Castro e Nelson Rufino em show histórico no Largo do Pelourinho


No final da noite do domingo de Carnaval (11), o público que esteve no Centro Histórico foi presenteado com um show memorável, conduzido pelos cantores Mariene de Castro e Nelson Rufino. Afinados na trajetória profissional e amigos na vida, tendo em comum o mesmo amor pelo samba e pela história que o ritmo carrega, os artistas estavam em casa no palco do Largo do Pelourinho, fazendo que os foliões, soteropolitanos e turistas, também se sentissem assim, curtindo a festa sem pressa para acabar.

Com um repertório popular, melódico e cheio de cadência, Mariene e Rufino resgataram os clássicos da música brasileira, eternizados nas vozes de grandes nomes da MPB, além de encantar o público com um repertório vasto, cuja estrela foi o samba e suas variações. Sucessos inesquecíveis dos artistas como Verdade, Amuleto da Sorte, Abre Caminho, Cadê Meu Amor, entre muitos outros fizeram do Carnaval no Pelourinho, neste domingo, uma verdadeira celebração ao samba e às composições que fazem parte da trilha sonora da vida de cada folião.

Para Alceu Rodrigues, cantor de samba, estar no Pelourinho neste domingo foi a melhor escolha neste Carnaval. “Amo muito fazer samba e me identifico demais com esses nomes emblemáticos, que tanto fazem por esse segmento e por nossa cultura”, disse. “Show inesquecível, que me fez voltar para casa, em Santo Antônio de Jesus, mesmo morando fora há tantos anos. Mestre Nelson Rufino e minha musa Mariene, muito obrigada”, celebrou Maria de Fátima Rosário, empresária, morando há mais de uma década na Holanda.

Com extrema simpatia, elegância e energia, aos quase 82 anos e com mais de 60 de carreira, Nelson Rufino, compositor de verdadeiras pérolas do samba, celebrou estar no Pelô neste domingo de Carnaval, lugar de resgate da ancestralidade e da cultura negra. “Somos todos feitos da mesma energia. O Pelourinho, o povo e a nossa arte ecoam para todo o mundo de maneira amplificada no Carnaval, confirmando que um povo que valoriza a sua cultura e a sua história é um povo livre e forte”, refletiu.

Com o tema “50 Anos de Blocos Afro. Nossa Energia é Ancestral”, o Carnaval 2024, promovido pelo Governo do Estado, enaltece um dos principais pilares do Carnaval da Bahia: a herança africana e a expressão afro-brasileira.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

*Campanha: VIDA NOVA SALVADOR 2024 - PUP