*Campanha: BRT Salvador 2024 – PUP

'A voz do gueto' é o tema do Festival Boca de Brasa 2022



Nesta quinta-feira (1º), às 19h, a Fundação Gregório de Mattos (FGM) promove mais uma edição do Festival Boca de Brasa. São mais de 150 artistas e profissionais da cultura envolvidos, a fim de projetar a cultura das comunidades de Salvador, para além do palco do Espaço Boca de Brasa Subúrbio 360, em Coutos. A ideia é levar o público a conhecer o que a periferia tem de melhor, por meio de uma cenografia imersiva, fazendo ecoar em volume máximo 'A voz do gueto', tema do festival deste ano. A entrada é gratuita.

Manifestação estética e cultural muito presente nas comunidades de Salvador, as festas de paredão têm ocupado cada vez mais as ruas da cidade, principalmente dos bairros mais populares, sendo uma expressão muito latente da juventude negra. Ao trazer para a cena esse movimento cultural, o Festival Boca de Brasa pretende dialogar com a juventude das comunidades onde atua e provocar uma reflexão sobre os movimentos culturais contemporâneos.

“O projeto Boca de Brasa foi criado para mapear e potencializar o cenário cultural que explode nos guetos, nos bairros, em cada canto de nossa cidade. O festival apresenta essa potência, destacando movimentos, ampliando estéticas e apontando para o futuro. O gueto ferve, se expande e desenha uma cidade diversa e com identidade própria”, declara o presidente da FGM, Fernando Guerreiro.

Na lista de atrações do festival, Margareth Menezes, Balé Folclórico da Bahia, Lilica Rocha, Mavi e Áurea Semiséria dividem o palco com talentos revelados pelas oficinas e palcos abertos do Boca de Brasa, realizados ao longo do ano. A programação inclui os artistas de bairros, onde foram implementadas as ações dos Polos Criativos Boca de Brasa, como Vista Alegre, Nova Brasília de Valéria, Cajazeiras, Barroquinha, Ilha Amarela, Rio Sena e Itapagipe.

Balé e grafite – Participam também do evento nomes como Chocolate Batidão, Mário Show e Sérgio Login, além da Banda True e o grupo Uzarte, 4 X Elis, Jovens Periféricos e Viaje Nesse Reggae, que têm se destacado nas ações de profissionalização que o Boca de Brasa tem promovido. A grade de atrações traz ainda artistas das diversas linguagens.

Da música e da dança, foram convidados Bruno Barroso, Afro Dance, Coletivo Khalid Mob, Leo Oliveira, Raymundo Jamaica, Balé Cetro, Ballet Psykhé, Laísa Sartre, Lulnna Kahlo, Esdras B Boy, Love Dance, 2 em 1, New Black, além do cantor Rodrigo e do DJ Bruno Beirão. Estão previstas intervenções do grupo circense Magic Circus e dos grafiteiros Been e Fumax.

Do gueto para o mundo – A concepção e direção geral do festival são assinadas por George Valdimir, roteiro de Daniel Arcades, direção musical de Luciano Salvador Bahia, direção de movimento de Elivan Nascimento, cenografia de Manolo Araújo, figurinos de Jorge Andrade, Neto Almeida e Math Ribeiro e iluminação de Fernanda Mascarenhas A apresentação fica por conta da dupla Larissa Libório e Gabriel Nafisi.

De acordo com o gerente de Equipamentos Culturais da FGM, Chico Assis, a edição do festival marca o ponto alto das ações do Boca de Brasa no ano, aproveitando a estética contemporânea de expressões culturais das periferias, para anunciar o novo ciclo que se inaugura, com a implementação dos Polos Criativos. Vai ser uma grande festa das artes, das estéticas e das identidades, que fervilham dos guetos da cidade para o mundo.” O projeto é uma parceria com as secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Educação (Smed) e Ordem Pública (Semop).

Transfer gratuito – O evento acontece, anualmente, com o objetivo de valorizar e dar visibilidade às produções artísticas realizadas nas comunidades de Salvador. Seu resultado é a culminância de todas as atividades que passaram pelos palcos de seus espaços culturais, tendo como objetivo promover a circulação de produções culturais, estimular a profissionalização do setor, bem como criar pontos de difusão artísticas nos mais diversos territórios da cidade.

A FGM vai disponibilizar transporte gratuito, sujeito à lotação do veículo. A saída acontece às 17h30 desta quinta-feira (1º), em frente o Cine Metha Glauber Rocha (Centro), com retorno, às 21h, do Subúrbio 360, para o mesmo local de embarque.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

*Campanha: BRT Salvador 2024 – PUP