*Campanha: BRT Salvador 2024 – PUP

Prefeitura inicia reforma de 80 quadras poliesportivas de escolas municipais


Fotos: Betto Jr./ Secom
Reportagem: Thiago Souza e Eduardo Santos/ Secom

A Prefeitura de Salvador autorizou nesta quinta-feira (25) o início das obras de reforma de 80 quadras poliesportivas de unidades municipais de ensino espalhadas pela cidade. A medida integra a estratégia da gestão para melhoria e qualificação estrutural da rede pública, beneficiando milhares de alunos que utilizam os espaços para prática de esporte e lazer no processo de aprendizado.

A ordem de serviço para o início das intervenções foi assinada pelo prefeito Bruno Reis e pelo titular da Secretaria da Educação (Smed), Thiago Dantas, durante evento na Escola Municipal Ítalo Gaudenzi, em Fazenda Coutos, que será uma das estruturas alcançadas. Além dela, serão contempladas outras escolas em quatro Gerências Regionais de Educação (GREs): Liberdade/ Cidade Baixa, São Caetano, Subúrbio I e Subúrbio II.

Em seu discurso, o prefeito destacou que a cobertura das quadras permitirá às unidades escolares sua utilização para outros fins no ciclo educativo. “A cobertura que será colocada nas quadras poliesportivas das escolas farão com que os alunos possam utilizar esses espaços em dias chuvosos, protegendo-os também do calor em dias de sol forte. Cada quadra como essa que temos na rede vai servir para uma série de atividades. No final do ano, as unidades poderão realizar formaturas, utilizá-las para atividades especiais e eventos em datas comemorativas”, afirmou.

“Atualmente, são 80 escolas em Salvador com quadras que precisam ser cobertas. Dentro da qualidade da educação que nós queremos, temos a visão de que a escola tem que ser um ambiente onde as crianças venham com felicidade e se sintam bem. Isso serve como uma motivação para a criança vir estudar e aprender. Nunca antes na história da cidade uma prefeitura investiu tanto para reforma, reconstrução e construção de escolas. São 100 obras em execução neste momento. Já inauguramos 14 escolas e, até o final do mandato, entregaremos 48 novas unidades”, complementou.

Na primeira etapa, 34 quadras poliesportivas receberão as intervenções, totalizando investimentos de R$ 31,5 milhões. Entre as principais melhorias estão a construção da cobertura metálica; reforma do piso da quadra; pintura completa; alambrado; equipamentos esportivos; traves oficiais para futebol; sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA); estrutura para basquete e para vôlei.

Thiago Dantas ressaltou que, nos últimos anos, a rede pública municipal de ensino tem passado por inúmeras transformações, seja na infraestrutura, ou mesmo na oferta de matérias e melhoria na qualidade de ensino. “Estamos cumprindo uma demanda da rede de ensino, viabilizando os recursos necessários para fazer a cobertura das quadras das escolas que possuem este equipamento. Estamos iniciando em 34 quadras de 33 escolas, num investimento estimado em mais de R$ 30 milhões, no objetivo de melhorar cada vez mais a qualidade da educação de Salvador”, disse.

O secretário ainda enfatizou que a requalificação nas estruturas vai beneficiar o processo de aprendizagem dos alunos. “A partir da cobertura destes equipamentos, damos à escola uma capacidade de uso muito mais amplificada desta estrutura, para utilizações no contraturno, em períodos de chuva, etc. É preciso ter na escola um atrativo para fazer com que as crianças queiram ir para lá, e com isso valorizamos ainda mais a educação pública de Salvador”, frisou.


 
Diretor da Escola Ítalo Gaudenzi há cerca de uma década, Oscar de Castro explica a importância da manutenção e conservação destes equipamentos nas escolas. “A quadra não serve apenas para a prática esportiva, mas também para diversas outras atividades. Além disso, pelo lado do esporte, trabalhamos ainda vários valores com as crianças e adolescentes, como valorização das regras, trabalho em equipe, respeito ao outro, etc. Dessa forma valorizamos ainda mais o processo de aprendizagem das crianças, além de reforçar a interação social”, pontuou.


Divisões - Na região de Liberdade /Cidade Baixa, 2,6 mil alunos de sete unidades serão impactados com a reforma de quadras poliesportivas. São elas as escolas Cardeal da Silva; da Cidade Nova; do Pau Miúdo; Dr. Marcos Vinícius Vilaça; Hilberto Silva; Professora Maria José de Paula Moreira; e Santa Bárbara. O investimento é de R$ 7,1 milhões.


A iniciativa também vai atender nove unidades da GRE São Caetano, com um investimento de R$ 6,6 milhões, beneficiando 3,7 mil alunos. As obras ocorrerão nas quadras das escolas municipais Antônio Carlos Magalhães; Bela Vista do Lobato; Campinas de Pirajá; Regina Stukenborg; Criança Feliz; Helena Magalhães; Jaqueira do Carneiro; Marechal Rondon e a Padre Norberto.

As intervenções irão abranger, ainda, nove unidades da GRE Subúrbio I, cujo investimento destinado é de R$ 10 milhões, beneficiando mais de 4,3 mil alunos. As unidades contempladas nesta regional são: Professor Antonio Pithon Pinto; a Darcy Ribeiro; de Itacaranha Manoel Faustino; Ítalo Gaudenzi; Ivone Vieira; Manoel Henrique da Silva Barradas; Professora Eufrosina Miranda; Santo Antônio das Malvinas e a Senador Antônio Carlos Peixoto de Magalhães.

Por fim, oito unidades do Subúrbio II completam a lista, recebendo R$ 7,6 milhões para reforma de suas respectivas quadras, que são usadas por mais de 3,8 mil alunos. São elas: escolas municipais Álvaro Vasconcelos da Rocha, de Paripe. De Periperi, Francisca de Sande; Ilha de Maré; Professor Willian Marques de Araújo Góes; Rui Barbosa e a Escolab Coutos (local que possui duas quadras).

FONTE: SECOM

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

*Campanha: BRT Salvador 2024 – PUP