*Campanha: BRT Salvador 2024 – PUP

Projeto Nossa Escola em Dados fortalece gestão e monitoramento de indicadores da educação municipal


Foto: Otávio Santos/Secom PMS
Fortalecer a governança, a gestão e o planejamento da rede municipal de ensino da capital baiana. Esse é um dos principais objetivos do projeto Nossa Escola em Dados, que está sendo implementado pela Secretaria Municipal da Educação (Smed).

De acordo com o secretário Thiago Dantas, o projeto centraliza em uma única plataforma digital todos os dados referentes à educação municipal, desde aqueles provenientes das avaliações de desempenho, como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e o Programa Salvador Avalia (Prosa), do Censo Escolar, do Sistema Integrado da Educação, até dados setoriais, administrativos, de infraestrutura, gestão de pessoas, entre outros.

“Temos assim um instrumento de gestão e monitoramento dos indicadores educacionais em tempo real que fortalecerá a atuação da secretaria, das gerências regionais e das unidades de ensino no planejamento de ações, estratégias e intervenções pedagógicas com vistas ao aprimoramento da qualidade da educação na nossa rede”, afirma Dantas. Ele destaca, ainda, que a plataforma se insere no perfil gerencial da administração da Smed, que tem priorizado a modernização dos processos com vistas a buscar agilidade, eficiência e qualidade na educação pública municipal.

Mais de 120 profissionais do órgão central e das gerências regionais já foram capacitados para uso da ferramenta. Essas equipes técnicas permanecem em treinamento com o objetivo de apoiar a implementação do Nossa Escola em Dados nas unidades de ensino – processo que deve ser concluído até o final de junho. Na semana passada, de 13 a 17 de maio, as gestoras das unidades escolares de Ensino Fundamental participaram da formação para manuseio da plataforma e aplicação estratégica dos dados.

Segundo a diretora pedagógica da Smed, Cátia Verônica Dantas, a ideia é iniciar no segundo semestre um projeto piloto com professores. “Dessa forma, os dados e indicadores, ao indicarem padrões de desempenho, práticas exitosas e pontos de vulnerabilidade, podem ser considerados na elaboração de intervenções pedagógicas por turma ou mesmo individualizadas”, diz. Ela cita, ainda, outros benefícios da plataforma, como a otimização do tempo dos gestores e equipes técnicas, o fortalecimento da cultura da gestão baseada em dados e evidências e a visão padronizada das informações e indicadores.

O gerente de projetos estratégicos da Smed, Rafael Salles, destaca que o Nossa Escola em Dados reúne todas as informações com impacto no processo pedagógico. “A rede passa a contar com um repositório de dados completo, atualizado e detalhado para orientar o monitoramento e as intervenções pedagógicas necessárias para garantir o avanço do aprendizado na Rede municipal de educação”, afirma. Segundo ele, os eventos de formação são fundamentais para fazer chegar a todos os atores do processo de ensino-aprendizagem o potencial da ferramenta.

Texto: Ascom/Smed

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

*Campanha: BRT Salvador 2024 – PUP